Consumo de Água




agua3[1].jpg


A poluição da água prejudica o seu uso, podendo atingir o homem de forma direta, pois ela é usada por este para ser bebida, higiene pessoal, lavagem de roupas e utensílios e, principalmente, para sua alimentação e dos animais domésticos. Além disso, abastece nossas cidades, sendo também utilizada nas indústrias e na irrigação agrícola. Por isso, a água deve ter aspecto limpo, pureza de gosto e estar isenta de micro-organismos patogênicos, o que é conseguido através do seu tratamento, desde da recolha nos rios até à chegada nas residências urbanas ou rurais.
A água é um bem essencial à vida que tem sido usado abusivamente e, por isso, a sua escassez é já uma realidade. A água é o elemento indispensável à sobrevivência.
Há muitas dicas que permitem a poupança de água.
Por exemplo, utilizando um balde para lavar o carro, gasta-se cerca de dez vezes menos água.
A rega das plantas e do jardim é outro dos aspectos que pode ser tornado mais eficiente. Um aspersor e o controlo do tempo e da quantidade de água constituem alternativas bastante válidas.
O reaproveitamento da água de cozer vegetais para este fim ou da água da chuva (armazenada em recipientes fechados) é outra ideia ainda melhor.
Regar as plantas de manhã concorrerá para uma evaporação mais lenta da água, o que se traduz em poupança.

Em casa, uma torneira a pingar pode desperdiçar até 45 litros de água por dia. E num mês, perde água que daria para suprir as necessidades de uma pessoa durante 14 dias!
Consertar problemas de fugas de água representa a eliminação do desperdício. E, como «no poupar é que está o ganho», sempre são euros não esbanjados.

Na casa de banho, as sanitas são grandes “bebedoras”. O autoclismo afigura-se como responsável por grande parte do consumo do líquido singular. Para reduzir a quantidade expelida por descarga, pode colocar-se uma garrafa de água vazia com a tampa fechada (a fim de reduzir a capacidade de enchimento do depósito).
Depositar o lixo no balde em vez de o deitar pela sanita abaixo (cotonetes, pensos higiénicos, cigarros, etc.) evita, por um lado, entupimentos e, por outro, descargas absolutamente desnecessárias do autoclismo.

No que se refere ao banho, o tempo média de duração deverá ser de, aproximadamente, cinco minutos, dando preferência ao duche, em detrimento do banho de imersão (que gasta muito mais água).
Deve-se, também, fechar a torneira quando se está a ensaboar as mãos, a lavar os dentes ou a fazer a barba.

No que respeita às máquinas de lavar (loiça e roupa), é sensato pô-las a trabalhar somente quando possuem a carga completa ou, em caso de necessidade, premir o botão da meia carga para conseguir maior eficiência.
Aderir à reciclagem do papel é outra boa iniciativa. A produção de papel reciclado consome menos água do que a fabricação de papel virgem. Uma tonelada de papel reciclado economiza 25 mil litros de água!

imagens-de-paisagens-em-papel-de-parede[1].jpg



Hoje, metade da população mundial (mais de 3 bilhões de pessoas) enfrenta problemas de abastecimento de água. Muitas fontes de água doce estão poluídas ou, simplesmente, secaram, 97% da água existente no planeta Terra é salgada (mares e oceanos), 2% formam geleiras inacessíveis e, apenas, 1% é água doce, armazenada em lençóis subterrâneos, rios e lagos? Pois, bem, temos apenas 1% de água distribuída desigualmente pela Terra, para atender a mais de 6 bilhões de pessoas (população mundial).
Esse pouquinho de água que nos resta está ameaçado. Isto porque, somente agora estamos nos dando conta dos riscos que representam os esgotos, o lixo, os resíduos de agrotóxicos e industriais.Que tal começarmos a dar a nossa contribuição no dia-a-dia?
Sabe quantos litros de água uma pessoa consome, em média, por dia?Cerca de 250 litros ou mais, por dia: banho, cuidados de higiene, comida, lavagem de louça e roupas, limpeza da casa, plantas e, claro, a água que se bebe. Dá para viver sem água? Não dá.

Temos que ter mais cuidado com tudo na vida porque qual a necessidade de destruir a natureza ? onde há paisagens lindas e muito mais para descobrir ? Custa ajudar mas destruír não custa não é ? por isso bora ajudar o nosso planeta.