A Separação do lixo como meio de sobrevivência (…)
Cada vez mais os resíduos são e deverão ser vistos não como lixo, mas também como um recurso. Deste modo, a recuperação de resíduos e a reciclagem dos materiais torna-se fundamental para a valorização dos mesmos. Como todos sabemos, a separação dos lixos depende de nós e para que isso aconteça temos de fazer os possíveis para dar o melhor do nosso contributo.

Algumas regras a seguir:

è Escorra e molhe as embalagens usadas para evitar maus-cheiros;
è Sempre que possível, esmague as embalagens usadas para reduzir o espaço que ocupam e facilitar o transporte;
è Retire as rolhas e tampas pois, normalmente são de material diferente da embalagem.

Algumas vantagens da Reciclagem:
è Economiza e reduz a procura de energia;
è Reduz a quantidade de matérias-primas necessárias para o fabrico de novos produtos;
è Reduz a quantidade de resíduos depositados em aterro;
è Protege a biodiversidade;
è Reduz o aquecimento global;
è Reduz a poluição da água;
è Reduz a poluição do ar;
è Reduz a quantidade de resíduos sólidos;
è Reduz a destruição de habitat.
external image reciclagem.jpg


Já conheçes os 4 R's ?



Para ajudar o ambiente: devemos reduzir a produção de lixo e evitar desperdícios desnecessários. Reduzir: a quantidade de lixo que cada um de nós produz. Reutilizar: escolhendo produtos e embalagens que possam ser utilizadas várias vezes. Reciclar: alguns componentes do lixo, de preferência se o separarmos na origem.

Reaproveitar: devemos utilizar o "lixo" que já foi utilizado, mas que dê para outras coisas.




====REUTILIZAR –REDUZIR
external image reciclar.jpg
RECICLAR – REAPROVEITAR

==














Plástico external image eco_amarelo.jpg
Depositar: Garrafas, garrafões e frascos de:


- Água;

- Sumos e refrigerantes;
- Vinagre;
- Detergentes e produtos de higiene;
- Óleos alimentares.
Não depositar: Embalagens de produtos tóxicos ou perigosos.


Metal

Depositar: - Latas de bebida;
- Latas de conserva;

- Tabuleiros de alumínio;
- Aerossóis vazios;
- Metalizados.
Não depositar: - Electrodomésticos
- Pilhas e baterias
- Objetos que não sejam embalagens, por ex: tachos e panelas, talheres, etc.
external image 6GYHvu6EVbePmpD0frOz

Vidroexternal image eco_verde.jpg

Depositar:


- Garrafas;
- Garrafões;
- Frascos;
- Boiões.

Não depositar:
- Loiças e cerâmicas (pratos, copos, chávenas, jarras, etc.);
- Materiais de construção civil;
- Janelas, vidraças, espelhos, etc.;

- Lâmpadas.








external image ecoponto+verde.bmp

Papel e Cartãoexternal image eco_azul.jpg
Depositar:

- Embalagens de cartão, por exemplo: caixas de cereais; bolachas, etc.

- Sacos de papel;

- Papel de embrulho;

- Jornais e revistas;

- Papel de escrita;


Não depositar:

- Embalagens de cartão com gordura, por ex.: pacotes de batatas fritas, caixas de pizza;

- Sacos de cimento;

- Embalagens de produtos químicos;

- Papel de alumínio;

- Papel autocolante;

- Papel de cozinha, guardanapos e lenços de papel sujos;

- Toalhetes e fraldas.

external image ecoponto_azul_1.jpg



Pilhas
Depositar: Pilhas (salinas e alcalinas, de botão, de lítio e recarregáveis) e acumuladores - baterias recarregáveis (baterias de níquel cádmio, níquel metal híbrido e de iões de lítio). Estas pilhas e acumuladores serão armazenados em condições de segurança e encaminhadas para valorização onde, através de vários processos, se separam e recuperam os diversos materiais que as constituem.

external image ecoponto_vermelho_2.jpg
(....)Alguns aspectos negativos das lixeiras:

- Contaminação das águas.

- Contaminação dos solos.- Maus cheiros.- Provocam incêndios.- Formação de focos de doenças.- Problemas paisagísticos.- Problemas de sobrevivência de alguns seres vivos.



external image polui%C3%A7%C3%A3o%2Bda%2Bagua.jpg external image SDC80007.jpg


Destino FinalOs resíduos depois de separados em casa (ou em outro sitio) e depositados nos ecopontos, são encaminhados por transporte adequado, e em contentores específicos, para a empresa gestora dos mesmos, de forma a que estes tenham tratamento e destino final adequado. Os resíduos são devidamente quantificados, sendo para isso pesados na báscula que se situa normalmente na entrada, podendo depois ser encaminhados para o local de descarga. No caso do vidro, este é conduzido ao depósito do vidro, onde é feita uma pequena triagem (porque muitas vezes se encontra misturado com outros resíduos que foram indevidamente depositados). Este é posteriormente encaminhado para Reciclagem. As embalagens de plástico e metal são conduzidas à central de triagem, onde num tapete em movimento são separados e depositados em silos especificos pelos operadores que se encontram ao longo da mesa(no caso das latas é um electroíman que executa essa operação). Em seguida estes são prensados, sendo depois armazenados até serem conduzidos para reciclagem. No caso do papel e embalagens de cartão, este também é descarregado numa plataforma próxima da linha de enfardamento, onde é efectuada uma triagem negativa, sendo depois enfardado e encaminhado a reciclagem.